Terapia da Fala

Ao contrário do que o nome indica, a Terapia da Fala é muito mais do que intervir ao nível da Fala., sendo esse um pequeno campo de atuação, dentro área da Comunicação. Assim, e tal como descrito pela ASHA (2007), o Terapeuta da Fala tem sob a sua responsabilidade a prevenção, avaliação, intervenção e estudo científico das Perturbações da Comunicação Humana, o que engloba a linguagem compreensiva e expressiva, quer oral como escrita, bem como a comunicação não verbal. Embora não seja uma especialidade existente na clínica, refere-se que este profissional tem um papel preponderante ao nível das dificuldades de deglutição.

Posto isto, percebe-se que o Terapeuta da Fala avalia e intervém em todas as idades, desde o recém-nascido até aos idosos, tendo sempre em vista otimizar as capacidades de comunicação e linguagem e melhorar a qualidade de vida quer do individuo como das suas famílias.

O exercício das funções deste profissional é muito abrangente, podendo realizar-se a intervenção quer em contexto clínico como nos diferentes contextos de vida da pessoa (escola, trabalho, casa…), em moldes individuais, em pequeno e grande grupo.

Trabalhar em equipa, quer com outros profissionais como com as famílias é um ponto essencial da intervenção nesta área.